sexta-feira, 29 de outubro de 2010

saudade saudade saudade...

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

" Hoje sempre vai ser o nosso dia...
ainda que lágrimas embacem os meus olhos ao te sentir."

ð¡n

sábado, 23 de outubro de 2010

Um Ano...


Um Ano...

" Depois desse "todo" tempo
Eu ainda continuo sem palavras,
Quando penso em nós.

Nossos momentos,
Silêncios
Risos...
Nossa cumplicidade.

O amor que me deixou,
ainda preenche os dias,
Amortece as noites.

O toque...
Teu cheiro
Paixão...
Você...
E tanta saudade.


Eu nem sei como sobrevivo,
Talvez esse amor (nosso)
Enraizado
Forte, intenso...
Eternizando-te em mim."

Ana €!¡sa
28-10-2010


" No ar, um perfume de almíscar...
Nas mãos, ansiedade e medo
No olhar, o imenso amor por ele. "


Ana €!¡sa
23-10-2010

domingo, 17 de outubro de 2010

Segredos

" O amor se faz com alguns (pequenos) segredos cúmplices......"

Ana €!¡sa
17-10-2010

O Vazio das Horas


O Vazio das Horas


Fiquei horas ali...
Olhando o vazio
Vendo o tempo passar
Ouvia passarinhos cantando...
Barulho das folhas
Sentindo o vento.

Incapaz de mover-me
Totalmente perdida em lembranças.
Apenas lágrimas corriam
Livres, leves.
A noite surgia e eu continuava ali.
O azul límpido cobria-se de negro...
Ventava muito e (ele) parecia furioso
Batia e entrava em mim
Como se pudesse fazer algo...
Nada...
Eu continuava ali, inerte.
Tempestade formava-se rapidamente,
(mas parecia tão distante...)
Em fúria, molhava e colava minha seda no corpo
Sentia calafrios.
De repente, senti um calor próximo...
Prendendo meus braços...
Aquecendo meu corpo...
Nesse momento, fechei os olhos
E me deixei possuir.


Ana €!¡sa
17-10-2010
20h03

Amor Verdadeiro



Amor Verdadeiro


- Eu amo você, sabia??
(te olhando, ali no infinito olhar...)

- Diz de novo.

_ Eu amo você!!
(repeti lentamente, como se pudesse
em poucas palavras te falar de todo esse amor...)
Sem tirar meus olhos dos teus.

Você silenciou,
sem tirar os olhos dos meus...
Pegou minhas mãos
Levou-as aos lábios.
E nos teus braços
Senti o que é o amor verdadeiro
Sem uma única palavra. "


Ana €!¡sa
17-10-2010
20h03

Tentativa...


Tentativa...


Tentei colher estrelas
Quando você sorriu para mim...
Tentativa vã
Você fechou-se
Olhos escureceram
Não era meu aquele sorriso,
Você veio despedir-se.


Ana €!¡sa
17-10-2010
8h

domingo, 10 de outubro de 2010

10-10-10


- Que a Luz e a Paz se faça presente nos corações humanos...
- Que se instaure o amor incondicional na Terra...
- Que Deus e Jesus Cristo cuidem de nós...

Amém

cartões L Marge


obrigada obrigada, Lu
beijo

Querer...


Querer

" Eu queria um pouco
da tua voz...
Sussurros que chamam,
Acalmam,
Clamam,
Amam.
(Me ama)

Eu queria um pouco
daquele tempo...
Para acalmar,
Adoçar,
Levitar,
Amar.
(Te amar)

Eu queria a languidez...
De novo em mim,
Em nós.

O desejo fluindo...
A mistura de suavidade e força.

Eu queria ser de novo,
Esperança. "


Ana €!¡sa
10-10-2010

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

para você, vida minha...

"Hoje eu só precisaria
do teu silêncio,
no meu silêncio...
Para aquecer e
acalmar essa saudade
de nós dois..."

Ana €!¡sa

by Menina Doce

Excita-me

Excita-me

Cola tua boca na minha...
Prove meus lábios,
Demore-se nos beijos...
Provoque-me.

Diz versos sem sentido,
poemas desconexos.
Devore-me as sílabas
Morda minhas palavras
Desafie minhas vontades...
Incita-me.

Depois de todas as preliminares,
Ate-me em teu corpo
Seduza-me.

Ana €!¡sa
03-10-2010

domingo, 3 de outubro de 2010

Meu...


Meu...

" Vem ser meu...
Traga-me tuas mãos,
Tua boca...
Teus desejos.

Com tuas mãos.
Escreva em detalhes,
versos e poemas.
Com a boca
coloque as vírgulas,
Reticências.

Demore-se em cada pausa,
não se apresse...
Meu corpo reconhece
teus passeios,
longos...demorados.."

Ana €!¡sa
03-10-2010

sábado, 2 de outubro de 2010

Mais uma Vez


Mais uma Vez


"Vem...
Alcance minhas mãos...

(Coloque-as em teus lábios...
Preciso sentir de novo
Teu cheiro,
Teu roçar na minha pele,
Teu hálito no meu,
Tua boca em parte de mim...
Tua voz sussurrando amor...)

E leve-me ao teu encontro. "


Ana €!¡sa
02-10-2010
23h

Talvez...


Talvez...

Talvez,
Meus versos não mais te encontrem...
Nem teus olhos me alcancem.
.
Talvez,
Não mais me leias...
Nem eu te tenha.
.
Talvez...
Exista um momento (esse...)
Onde meu coração te procura,
Minha alma clama...
Desejo (te) chama.
.
Quem sabe...
Privilégio dos poemas,
Entoando canções...
Sentimentos.
Olhares.
.
Talvez...
Seja meu,
e só meu...
Coração que sangra,
Vida que se esvai...
Mingua...
Sentindo-me
Completamente vazia.
.
Talvez...


Ana €!¡sa
02-10-2010
22h35

" Olhos presos no infinito...
Passeiam pela janela embaçada...
Chuva fina...
Gotas que escorrem, livres...
(Saudade que dói...)
Acompanho como se fossem letras,
Formando recados teus."

Ana €!¡sa
02-10-2010
18h38

Tempo nu

Tempo nu

O tempo passa,
Luas e luas se vão...
Noites vazias,
Perdidas.
Incontáveis dias de sol...
Calor que esquenta,
Mas a alma
Continua fria.
Dias e dias que passam...
Vazios...
Frios.
Noite crua...
Lua fria.
Eu, nua,
Totalmente nua, sem você.

Ana €!¡sa
02-10-2010
18h30