domingo, 30 de janeiro de 2011

Todos os Dias


Todos os dias eu me pergunto
O que aconteceria se tudo fosse
um engano e você voltasse..
Todos os dias eu sofro
Com a realidade
tão verdadeira do destino.

Ana €!¡sa
30-01-2011
20h40

sábado, 29 de janeiro de 2011

Meu Aniversário...

Quero agradecer todo carinho comigo no dia de hoje...
Obrigada
Amo cada um de vcs...
Ana...

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Tua Boca


Tua Boca

Quando você chegava perto da minha nuca
Falando de amor e da paixão que sentia...
Nossos corpos respondiam de imediato.
Talvez nem ouvissem os sussurros apaixonados
Nem entendessem os poemas de amor que você murmurava...
Apenas sentiam o timbre da voz
O calor do teu corpo...
O som embriagador da tua voz.
E quando falava baixinho ...
Despertavam a pele
Os suores...
O tesão.

Tua voz, juntava-se a minha...
Entre sorrisos cúmplices
Olhares que provocavam...
Desejos...
Amantes explícitos.

Ana €!¡sa
26-01-2011
23h14

Passado


Passado

" Eu sentia teus dedos leves, firmes
Passeando e contornando
a pele alva e macia...
Deixava rastros de arrepios,
Suores...
Desejos.
Deixava e sentia calafrios intensos.

O amor nos consumia.

Tua boca falava de amor
Sussurrava inaúdiveis desejos
A língua sentia
Experimentava
Amortecia a pressa.
Ouviam-se os corpos,
Os tremores pedindo mais
Da boca, dos dedos...
Da vida que nos habitava.

Meu corpo ansiava, insano...
Caçava outros segredos, outros desejos...
Procurava e queria ir mais fundo, sempre.

Aninhava o gosto
Acolhia o cheiro
Ensandecia...
Amava-te inteiro.

O tempo parecia tão breve.

Traços do passado
Permanecendo presente..
Futuro...
Eternidade...
E nosso. "


Ana €!¡sa
26-01-2011
22h34

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Breve


Breve

" Quando ele a pediu em "namoro",
Depois de anos sendo amigos...
Ela não vacilou ao dizer ... sim

Ele sorriu surpreso...
suspirou
E com os olhos dentro dos dela, disse:
- Só quero ser feliz ao teu lado
E vamos ser, intensamente.
.
E foram."

Ana €!¡sa
26-01-2011
22h04

" Eu nem sei porque aceitei aquela tua loucura quando me pediu para te amar...
Talvez porque o eu queria mesmo,
era que você me amasse. "

Ana €!¡sa

18-01-2011
16h49

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Carinho que recebi do poeta Maxuel...


Dividindo com vocês, o carinho que recebi do amigo e poeta Maxuel Scorpiano
hoje cedo na minha página do Orkut.
Obrigada, poeta, amigo querido, lindoOOooo...
sou tua fã...sem falar q adoro vc...:)
beijo meu...


... Bom dia ! Ô segunda feira linda !
Cadê a poeta Ana Elisa ?
Será que foi no rio das manhãs ou foi colher um pouco do mar...
Iemanjá fez um colar com as rosas brancas,se perfumou de orvalho,
chorou pelo homem,chorou por esperança...
E eu quero a paz,essa paz do teu olhar me olhando,
meio agudo,meio enviesado,mas um olhar profundo,meigo.

Ainda vou tomar um bom café com Bruna Lombardi,Elisa Lucinda e a
camaleoa Fernanda Y... Mas antes vou visitar a poeta Ana Elisa,
catar ela no meu abraço,e quem sabe até levar ela num lugar híper
para almoçar...
Bueno chega dos meus trêleles... Bóra poemar... BeijãO !!!



_ MAXUEL SCORPIANO _
17.01.2011/ás10:20
Horário Brasilia/Brasil
Outro continente

domingo, 16 de janeiro de 2011


" Vem chuva...
Escorre em mim gotas de saudade.
Embaça minha pele...
Ensopa meu corpo vazio de desejos.
Misture-se as lágrimas furtivas e insistentes
Com a tua ausência. "


Ana €!¡sa
16-01-2011
22h30

Chuva Densa...


Chuva Densa...


Chuva que molha meu corpo
Umedece meus segredos...
Inflando meus desejos,
Tão teus.

Chuva que penetra...
Fazendo caminhos na pele
Misturando vestes e lágrimas.

Gotas densas que acariciam o corpo...
Escorrem póros
Invadindo curvas e saliências, tuas...
Tomam posse, causando calafrios.
Como se fossem mãos,
Que tocam, apertam...
Abraçam.

Vem chuva...
Intensifica todas as vontades
Com gotas densas de paixão...
Penetra, arrepia e aquece esse corpo
Como se fosse o homem amado...
Que toma a mulher e faz dela
Amante, amada, amor.


Ana €!¡sa
16-01-2011
21h03

By яαƒα мσяу ѕтαя

O Tempo Perdido


O Tempo Perdido

" Eu perdia do tempo
E sabia disso...
Porém não sentia o quanto...

Eu sabia que o tempo
era curto...
Sabia!!
Mas não sentia.

E ele foi de uma ânsia implacável...
Muito mais curto,
Muito mais intenso...
Do que eu achava que sabia.

Ana €!¡sa
16-01-2011
14h09

Lembranças

Lembranças


Trouxe tuas lembranças...
As mais doces, as mais intensas
Aninhei-as no colo e pensamento.
Fiquei assim por horas...
Perdida no tempo...
Olhando o infinito
Presa nas marcas deixadas.

Estremecia...
Quando tua voz percorria minha pele
Em sussurros roucos e apaixonados.
Quando teus dedos subiam e desciam...
Leves, úmidos...
Carregados de amor.

As lembranças despertam meu corpo,
Acordam minha pele
(tão carentes de você)...
E eu sinto o quanto ainda sou tua.

Ana €!¡sa
16-01-2011
12h32

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Silêncio do Tempo


Silêncio do Tempo


Ela queria que o tempo a ajudasse
A amenizar aquela tristeza que habitava nela...
Mas o tempo nem ligava
Era todo impassível.

E ela sabia...
Aquela dor que ela sentia, era dela...
Então ela pedia que o silêncio a amparasse...
O tempo todo.
.
E silenciava.

Ana €!¡sa
13-01-2011
14h48

Vai Passar


Vai Passar

" Quando você achar que todas as coisas
Tornam-se muito mais pesadas do que realmente são...
Algo está errado.
Quando todos os pensamentos
Tomarem um único rumo ou ocuparem 25 horas
sobre todas as outras coisas...
Algo está estranho.
Quando você perceber
Que isso acontece,
Alguma coisa está se acertando.
Já me senti estranha e já me senti em pedaços...
E voltei, muitas vezes, a me sentir assim...
Mas voltei, tantas outras, a me sentir inteira.
.
Meu silêncio ocupa todas as horas
Preenche momentos...
Devolve tempo ao tempo...
E passa.

Ana €!¡sa
13-01-2011
14h48

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Enquanto te toco...


Enquanto te toco...

" É quando me deito, que te sinto mais em mim
E toco teus cabelos...
Revolvendo-o entre meus dedos
Numa paz e calma indescritível...
No nosso silêncio mais profundo.

Delineio teu traços...
Teu sorriso
(Ouço teu riso...).
Enquanto sinto teus cabelos entre os dedos...
Meus olhos procuram o teu cheiro...
Minha boca sentindo o gosto.

Minha pele umedece nas tuas mãos...
Queima, num quase apelo febril
Enquanto teu corpo prende o meu.

Toco teus cabelos...
Enquanto a vida surge e vive em nós. "

Ana €!¡sa
10-01-2011
17h11

domingo, 9 de janeiro de 2011

Dançar...

Dançar...
.
" E vem essa vontade de dançar no teu corpo
A música oculta entre nossos segredos
E essa saudade que agora habita em nós. "


Ana €!¡sa
09-01-2011
13h09

Reflexo

Reflexo

" Teus braços tomando meu corpo
Meus olhos refletidos nos teus...
Tua pele roçando a minha
A boca, úmida, tomando posse.
Corpos que se enlaçam, apaixonados.
É você, meu amor...
Dono absoluto dos meus desejos. "


Ana €!¡sa
09-01-2011
12h39

Desejo

Desejo

" Sinto teus lábios aproximando-se...
Com o sorriso tomado de desejo. "


Ana €!¡sa
09-01-2011
12h19

Canção do meu Amor


Canção do meu Amor

Sentir tua voz cobrindo minha pele
Os arrepios incontáveis que provocava
Sussurros quando me queria em teus braços
Murmúrios apaixonados no meu peito
Que cobrias de longos beijos...

Sentir teu abraço,
Apertado
Aconchegante...
Teus gemidos no êxtase
E a voz rouca, falhando.

Cada dia torna-se mais dolorido
Sentir tudo isso como fumaça
Que o vento leva...
Devagar.

E perceber que teus passos tem um caminho...
Livre, tênue...
No infinito.

Cada dia torna-se mais difícil sentir você partindo
Como se estivesse indo de verdade...
E o amor enraizando-se mais e mais
como se isso fosse possível.

Sentir tua voz.
Cobrindo minha dor...
Teu longo abraço,
Acalmando minha tristeza...
Nesses instantes (infindos)
que não te sinto apenas
Te tenho vivo aqui.

Cada momento
Nosso...
Único...
É uma canção dentro de mim.

Ana €!¡sa
09-01-2011
11h59