sexta-feira, 16 de outubro de 2009

"Frisson"


"Frisson"
Ana €!¡sa
.
Você se aproximava lentamente...
Tinha os olhos fixos...em mim
A cada passo teu, sentia meu coração em taquicardia
eu te sentia, como se estivesse dentro, marcando compasso...
E você vinha...calmo e firme.

Não tinha o sorriso, tão teu, desenhando a fisionomia
Tinha-o nos olhos...
e você, simplesmente "me olhava".

O calafrio foi se antecipando, sem eu querer
Sentia um arrepio tomando-me o corpo a cada novo passo...

Perto e tão junto, pousou teus dedos em meus lábios
Nesse momento, aiii...bambeei trêmula...
Com teu toque...
Tua proximidade.

Você permanecia imóvel
Olhando fixamente meus olhos
Impassível a minha "resposta".

Tão ágil como os colocou, tirou teus dedos dos meus lábios e os levou a tua boca
Num beijo úmido, exatamente onde minha língua molhou...
Saboreou...
Lambeu...
Sorveu.

E quando teus dedos (molhados) entraram no meu decote
Tomando posse...atrevidos e quentes...
Cambaleei, quase desfalecendo.
Imediatamente senti tuas mãos puxando meu corpo
Prendendo força na fragilidade.

E você, sorria...
Solto...
Feliz...
Certo do "frisson" que causa em mim.


Ana €!¡sa
16-10-2009

2 comentários:

Sonhαdorα disse...

certo do seu total amor...
lindo texto!

Anônimo disse...

totalmente certo...rss

obrigada, linda
beijo
Ana...