domingo, 12 de agosto de 2012

Súplica



Súplica

Vem, lambe minha pele...
(saudade da desordem dos nossos desejos)
Aperta minhas dores nas tuas...
Funde teu cheiro no meu,
Corpo no corpo, com sede, fome e pressa.

Mordisca meus lábios...
(anestesiados de saudade)
Dizendo palavras doces, líquidas, lambidas.
Prenda-me entre teus dedos,
Sem tentar entender essa agonia de te querer.

Vem...e me salva de mim mesma.

Ana €!¡sa
10-08-2012
10h32

Um comentário:

Atena de Ειρήνη και Αγάπη disse...

Leio-te e pego para mim suas palavras, não literalmente como minhas, mas como sentimentos meus de tão penetrantes que são suas palavras. Me senti em cada uma.
Adorei cada emoção aqui transmitida.

Beijos doces,
Atena