terça-feira, 13 de abril de 2010

Confissão


" Confesso que escrever, às vezes, me dói demais.
Sem você as palavras me fogem,
os sentimentos acanham-se
e escondem-se dentro do peito dolorido.
Nos meus olhos apenas o infinito incerto...
numa caminhada impaciente e
presa no passado...

Confesso que tua ausência
rasga minhas emoções."

Ana €!¡sa
13-04-2010

Um comentário:

Prof. Katia disse...

A saudade machuca ...
Mesmo assim, a chamamos
para nos fazer companhia.
Lindo Poema, doce Poetisa.
Te Beijo ...

=- Bruno de Paula -=